Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação continuada, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Sexta, 02 Fevereiro 2018 10:02

DIAHV elabora agenda estratégica compartilhada com ministérios, agências da Nações Unidas e sociedade civil

Avalie este item
(0 votos)

A agenda visa a ampliação do acesso e cuidado integral das Populações-chave

DIAHV elabora agenda estratégica compartilhada com ministérios, agências da Nações Unidas e sociedade civilO Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV – SVS/MS) reuniu instituições da esfera federal, nesta quarta-feira (24/01) para debater a implementação em conjunto de uma agenda de ações estratégicas para ampliação do acesso e cuidado integral das populações-chave relacionadas à promoção da saúde e prevenção das IST do HIV/aids e das Hepatites Virais.

A proposta é formular estratégias visando a capilarização de novas ações programáticas, estruturantes e contínuas, e que incidam de forma inovadora em diferentes processos de gestão, do trabalho e do cuidado integral, dentro do contexto da “Prevenção Combinada”, estratégia já existente e adotada pelo DIAHV, do Ministério da Saúde.

A diretora do DIAHV Adele Benzaken expôs que o objetivo maior desse encontro é conclamar a todos para construir uma agenda conjunta, que vai se tornar o carro chefe do DIAHV para desenvolver novas ações, que serão realizadas ao longo de 4 anos por todas as instituições envolvidas neste projeto compartilhado. “O que se observa hoje é uma fragmentação de ações, cada área atuando isoladamente. Se a gente puder juntar as estratégias as ações ficam mais fortes e eficazes”, enfatizou Adele.

Glaucia Barbosa de Campos, do Programa de Saúde Escolar, do Ministério da Educação, afirmou que é muito importante a construção dessa agenda estratégica. “O nosso programa atinge 5.040 municípios, mais de 85 mil escolas, e atende mais de 20 milhões de estudantes. A capilaridade do MEC e é enorme, daí a importância de uma agenda conjunta como essa”.

O representante da Secretaria Nacional de Juventude, Helber Borges, destacou que essa ação conjunta será um marco para a saúde, especialmente para os jovens. “Estamos dispostos a somar esforços e iniciativas com o Ministério da Saúde para garantir maior efetivação do direito à saúde, com ampliação da prevenção e tratamento das IST”.

O Coordenador de Saúde substituto do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), Kleber Carlos Moraes, ressaltou: “Essa agenda conjunta vai tornar possível fazer um mapeamento melhor dessas doenças dentro do sistema prisional e viabilizar ações de combate a esses agravos”.

Marina Reidel, Diretora de Promoção dos Direitos de LGBT, do Ministério dos Direitos Humanos, enfatizou a necessidade de integrar as ações de saúde. “E importante os ministérios fazerem esse diálogo transversal para avançar dentro da política pública saúde. Essa articulação é importante para que a gente consiga atingir também a nossa população ou os públicos envolvidos diretamente dentro do Ministério”.

Lucas Vasconcellos, assessor técnico do Conselho Nacional de Saúde, disse que a órgão elegeu como uma das prioridades a luta contra as IST, Aids e Hepatites Virais. “Recebemos com satisfação o convite para participar da construção dessa agenda”.

O documento contendo a proposta da agenda estratégica apresentada na reunião aponta sete eixos estratégicos são eles: ação integral e cuidado contínuo; comunicação em saúde; informações estratégicas; gestão e governança; participação social; estigma e discriminação; e educação na saúde.

A apresentação da proposta de construção da agenda estratégica prossegue nesta quinta-feira (25), desta vez com a instituição AIDS Healthcare Foundation (AHF / México), e continua na sexta-feira (27) com Agências das Nações Unidas.

Fonte: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/diahv-elabora-agenda-estrategica-compartilhada-com-ministerios-agencias-da-nacoes-unidas-e