Imprimir esta página
Segunda, 04 Novembro 2019 16:22

Brasil defende ampliação da cobertura vacinal

Avalie este item
(0 votos)

Em Berlim, ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, é reconhecido como liderança e aponta caminhos para melhorar saúde global

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou da Cúpula Mundial da Saúde, em Berlim, na Alemanha, nesta terça-feira (29). O ministro brasileiro foi reconhecido como liderança em saúde, durante o evento, por destacar os desafios econômicos para a atenção em saúde de qualidade. Um dos temas destacado pela autoridade brasileira foi a ampliação da cobertura vacinal como prioridade para o mundo, devido ao atual cenário de intenso fluxo de pessoas.

“O que nos une são os desafios comuns e sabemos que temos uma agenda comum”, afirmou o ministro durante painel. “A cobertura universal da Saúde é uma questão central na agenda global”, disse o ministro brasileiro ao fazer um apelo para que os gestores mundiais ampliem essa questão. Ele reforçou, ainda, que o Brasil está aberto para discutir saúde com todos os setores.

O ministro da Saúde do Brasil fez menção ao encontro que manteve com os líderes das 20 maiores potências do mundo, em Osaka (Japão), quando incluiu na pauta dos ministros de Economia e Finanças, a pauta da área de saúde como uma questão política importante, discutida em nível nacional e internacional.

A Cúpula Mundial da Saúde (World Health Summit) é um fórum único e independente que reúne acadêmicos, profissionais de saúde, autoridades de países de todos os continentes, além de representantes da sociedade civil e da indústria farmacêutica. Entre os participantes deste encontro, estavam o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, ministro da saúde da Alemanha, Jens Spahn, e o vice-presidente da Libéria, Jewel Taylor.

O evento mundial tem patrocínio da Chancelaria da Alemanha, com apoio dos países da Comunidade Europeia e da Aliança M8 de Centros Acadêmicos de Saúde, que reúne 28 instituições de excelência em 19 países. O evento reuniu, de acordo os organizadores, em torno de 2.500 participantes, com aproximadamente 300 conferencistas.

 

Fonte: http://saude.gov.br/noticias/agencia-saude/45950-brasil-defende-ampliacao-da-cobertura-vacinal