Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação permanente, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Domingo, 03 Maio 2015 21:00

Curitiba lança aplicativo inédito de testagem para o HIV no Brasil

Avalie este item
(0 votos)

Teste de fluido oral pode ser pedido pelo celular

A partir desta sexta-feira, 24 de abril, a população de Curitiba contará com uma opção inovadora para fazer o teste de HIV. Um aplicativo móvel inédito no Brasil, desenvolvido especificamente para o projeto “A Hora É Agora – Testar nos Deixa Mais Fortes”, terá como objetivo ampliar o acesso de jovens gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH) à testagem anti-HIV por meio de fluido oral.

Este será mais um canal para que a população-chave solicite o kit de autotestagem para o HIV, agora também por meio do aparelho celular. O aplicativo poderá ser baixado gratuitamente pelas plataformas Android e Apple. Somente indivíduos do sexo masculino maiores de 18 anos e residentes em Curitiba poderão solicitar o autoteste pela nova ferramenta.

O projeto “A Hora é Agora” é uma parceria entre a Prefeitura de Curitiba, o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos da América (CDC), o Grupo Dignidade, a Universidade Federal do Paraná e o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids).

CONHEÇA O PROJETO - O projeto “A Hora é Agora” foi lançado em Curitiba em novembro de 2014, visando à expansão da testagem rápida e gratuita anti-HIV entre as populações mais vulneráveis à infecção, ou seja, os jovens gays e outros HSH. O projeto ainda faz uso de outras abordagens inovadoras junto à população-alvo, entre elas a testagem rápida móvel em trailers equipados com laboratórios; no Grupo Dignidade – organização não governamental de promoção dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros (LGBT) –; e pela plataforma virtual (www.ahoraeagora.org), lançada em fevereiro deste ano.

Mais de 1.000 testes foram realizados em apenas 3 meses de ação contínua pelas três abordagens acima. Até o momento, 36 casos positivos foram detectados. O projeto oferece referência ao sistema público de saúde de Curitiba, com acompanhamento de um educador de pares (entre pessoas com vivências e experiências semelhantes) pelos primeiros três meses após o diagnóstico.

Ao baixar o App, os usuários poderão solicitar o kit de testagem e retirá-lo na Farmácia Popular do centro de Curitiba ou recebê-lo pelos Correios. Com isso, poderão realizar o autoteste em casa ou em outro local em que se sintam confortáveis. O teste oral é validado para uso no Brasil desde dezembro de 2013. É rápido, confiável e confidencial, e sua execução é muito simples.

O App tem a mesma função do site. Depois de baixá-lo, os interessados encontrarão informações sobre prevenção ao HIV e uma calculadora de risco de infecção que fornece um resultado com base nos comportamentos relatados, além de opções para o recebimento de um kit com o teste de fluido oral para o HIV. As instruções para a autotestagem estão disponíveis na bula do teste e em um link na plataforma que dá acesso ao vídeo demonstrativo sobre a forma correta de fazer o teste e ler seu resultado.

Em caso de resultado positivo, os participantes serão encaminhados ao Centro de Orientação e Aconselhamento (COA) da Secretaria Municipal da Saúde para confirmação do diagnóstico da infecção e o agendamento da consulta médica para acompanhamento. Os usuários do site também terão à disposição a linha telefônica 24 horas “Disque Agora” (41-3233-7458), de segunda a sexta, das 8h às 18h, ou pelo atendimento (41 – 9834-0258), de segunda a sexta das 18h às 8h e sábados e domingos 24 horas para tirar dúvidas e obter apoio especializado.

Quanto mais precocemente a pessoa se descobrir soropositiva e iniciar o tratamento adequado, menor o dano causado pelo HIV ao sistema imunológico. Além disso, o tratamento apropriado leva a uma queda de 96% na possibilidade da transmissão do vírus. Atualmente, o tratamento da infecção pelo HIV pode ser realizado com apenas um comprimido ao dia.

A principal estratégia de divulgação do aplicativo será em bares, boates e outros estabelecimentos frequentados pela população-chave do projeto.

SERVIÇOS - O aplicativo estará disponível nas plataformas Android e Apple a partir do dia 24 de abril. Os kits de testagem podem ser enviados aos interessados por correio ou retirados no endereço abaixo:

Farmácia Popular Rua Cândido Lopes, nº 208, Centro, de segunda a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h.

A unidade de testagem móvel do projeto “A Hora É Agora” funciona todas as sextas-feiras e sábados, das 18 às 22 horas, na Praça Osório. Eventuais alterações nos locais e horários de testagem estarão disponíveis em http://goo.gl/k5wXmg.

A testagem rápida do HIV também pode ser realizada no Centro de Orientação e Aconselhamento (COA - Rua do Rosário, 144, 6º andar), de segunda a sexta, em horário comercial. E ainda no Grupo Dignidade (Av. Marechal Floriano Peixoto, 366, 4 º andar, sala 45, de terça a quinta, das 18h às 21h.

Fonte: http://www.aids.gov.br/noticia/2015/curitiba-lanca-aplicativo-inedito-de-testagem-para-o-hiv-no-brasil