Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação continuada, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Segunda, 16 Julho 2018 10:43

De homens trans para homens trans: DIAHV lança primeira cartilha para essa população

Avalie este item
(0 votos)

Publicação realizada em parceria com duas entidades da sociedade civil, traz informações sobre IST, HIV, hepatites, prevenção e serviços no SUS

O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) lança a cartilha: Homens trans: vamos falar sobre prevenção de infecções sexualmente transmissíveis?. Trata-se da primeira publicação voltada exclusivamente à saúde sexual e saúde reprodutiva da população transmasculina, com bases na prevenção combinada – nova abordagem adotada pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento do HIV.

Além de ser a primeira publicação destinada a esse público, a cartilha foi elaborada por homens trans em uma parceria com o Ministério da Saúde com o Instituto Brasileiro de Transmasculinidades (IBRAT) e a Rede Nacional de Pessoas Trans do Brasil (RedeTrans). A cartilha usa do mesmo pioneirismo da campanha Travesti e Respeito, lançada em 29 de janeiro de 2004 pelas travestis dos movimentos sociais em parceria com o DIAHV, dando início aí ao Dia Nacional da Visibilidade Trans, comemorado no dia 29 de janeiro.

Para a diretora do DIAHV, Adele Benzaken, a cartilha veio atender uma demanda do movimento dos homens trans. “O DIAHV com essa iniciativa atende à demanda da população transmasculina que reivindicava um material específico para eles e, ao mesmo tempo, dá visibilidade e preenche uma lacuna o tema.” Adele destaca ainda que o mais importante é que a publicação, apesar do apoio dado pelo DIAHV, o conteúdo foi construído todo pelo público a quem se destina, “é um material feito por homens trans para homens trans”.

A publicação tem 49 páginas onde há definições sobre quem são os homens trans e quais seriam os mais vulneráveis às infecções sexualmente transmissíveis (IST), a depender das vulnerabilidades e práticas de cada um. Há também explicações sobre as IST, como o HIV, as hepatites B e C, HPV, sífilis, além de orientações sobre prevenção de IST nos sexos oral, vaginal e anal. O leitor encontrará informações sobre onde encontrar preservativos e lubrificantes no Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre a testagem, além de definições sobre a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), Profilaxia Pós-Exposição (PEP) e medicamentos antirretrovirais. A cartilha tem um capítulo específico sobre os direitos dos homens trans no SUS Política Nacional de Saúde Integral LGBT com informações sobre o respeito ao nome social em todo o SUS, o cartão SUS com o nome social e o processo transexualizador na rede pública.

Para o representante da RedeTrans, Rafael Carmo Ramos, a publicação é crucial para a prevenção ao HIV junto a essa população. "Essa cartilha é de suma importância para a população de homens trans, pois ela faz com que nossas demandas de prevenção ao HIV e outras IST ganhem visibilidade nas pautas de saúde." O representante do Ibrat, Alexandre Peixe dos Santos afirma o quanto a cartilha vai contribuir na visibilidade e nortear as questões relacionadas a saúde dos homens trans. “Para o IBRAT, essa cartilha significa um passo importante para a visibilidade dos homens trans e traz consigo um norte para os cuidados em saúde e prevenção às IST/Aids."

A cartilha tem por objetivo também dar capilarização às informações sobre a saúde do homem trans e contribuir com os profissionais de saúde, para que conheçam mais e melhor as demandas de saúde sexual e saúde reprodutiva desse público, num material de consulta rápida e fácil, com informações baseadas em evidências.

O conteúdo da cartilha está disponível em: https://bit.ly/2tR36vY

Fonte: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/de-homens-trans-para-homens-trans-diahv-lanca-primeira-cartilha-para-essa-populacao