Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação continuada, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Quarta, 14 Novembro 2018 15:49

Ações no Brasil na luta contra o HIV/Aids são tema de reunião com CDC

Avalie este item
(0 votos)

PrEP, diagnóstico e tratamento do HIV são apresentadas em encontro com representantes internacionais da entidade

Representantes dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) de Atlanta (Estados Unidos) e da Regional da América Latina, e do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIVB/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) participaram na quarta-feira (7), em Brasília, da Reunião do CDC/Brasil. Dentre os temas debatidos, a implementação da Profilaxia Pré-Exposição de Risco à Infecção pelo HIV (PrEP) no Brasil; diagnóstico e o tratamento de HIV no país.

O objetivo da reunião, segundo o CDC/Brasil, é que os representantes das entidades internacionais conhecessem os avanços da resposta brasileira ao HIV. A visita também visou verificar o potencial de futura cooperação técnico-científica entre o Programa Regional do CDC e o Ministério da Saúde.

Participaram da reunião representantes do DIAHV; o diretor para as Américas da Divisão de HIV/Aids e Tuberculose do CDC/Atlanta (Estados Unidos), Paul Young; a coordenadora interina do PEPFAR para a América Central Hedi Mihm; a representante da divisão de HIVAids e Tuberculose do CDC/Atlanta Kristin Kelling; a diretora do Programa Regional do CDC/PEPFAR na América Central, Sanny Northbrook; o diretor do CDC no Brasil, Aristides Barbosa; a vice-diretora para Ciência e Epidemiologia do CDC/Brasil, Ana Carolina Santelli.

Para Paul Young, que há dois anos integra o CDC e acompanha a resposta brasileira ao HIV, houve evolução no tocante à prevenção e tratamento no país. “Percebo que o programa de aids no Brasil é de vanguarda e apresenta avanços a cada ano. O país apresenta práticas que devem servir de inspiração para outros países”, afirmou.

A incorporação do dolutegravir à terapia antirretroviral para pessoas vivendo com HIV, segundo Paul Young, é destaque no tratamento realizado no Brasil e que deve ser seguido como exemplo para outros países. “Além do uso deste medicamento, as ações mostradas durante a reunião são fonte de aprendizado para que outros países também possam implantá-las com êxito”, disse.

Por fim, Paul Young destacou o avanço do Brasil para atingir os objetivos da Meta 90-90-90, estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (90% das pessoas vivendo com HIV diagnosticadas; destas, 90% realizando o tratamento com antirretrovirais; e, 90% deste grupo, com carga viral indetectável). “Entendemos que ainda há muito por fazer. Porém, percebemos que as ações, a incorporação rápida de novas tecnologias pelo Brasil, tanto no uso de medicamentos como nas formas de prevenção, demonstram o quanto há de evolução na luta contra o HIV/aids”, finalizou.

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

Fonte: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/acoes-no-brasil-na-luta-contra-o-hivaids-sao-tema-de-reuniao-com-cdc