Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação continuada, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Terça, 04 Dezembro 2018 14:28

Delegação do Ministério da Saúde discute oportunidades de cooperação na África do Sul

Avalie este item
(0 votos)

Reuniões também proporcionaram intercâmbio de experiências, especialmente nas áreas de laboratório, tuberculose, HIV/Aids e outras doenças transmissíveisão: 

 

Uma delegação do Ministério da Saúde, liderada pelo diretor do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis (DEVIT), André Luiz de Abreu, esteve em missão de prospecção na África do Sul, no período de 19 a 23 de novembro, para buscar oportunidades de cooperação e intercâmbio de experiências, especialmente nas áreas de laboratório, tuberculose, HIV/Aids e outras doenças transmissíveis.

A citada delegação teve também em sua composição os profissionais da Secretaria de Vigilância em Saúde, Luis Paulo Dias, do Gabinete da Secretaria de Vigilância em Saúde (GAB/SVS), Juliana Givisiez, do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, HIV/Aids e Hepatites Virais (DIAHV) e Kleydson Alves, da Coordenação Geral do  Programa Nacional de Controle da Tuberculose (CGPNCT), além de Mariana Darvenne, da Assessoria de Assuntos Internacionais de Saúde (AISA), do Gabinete do Ministro.

A delegação teve a oportunidade de conhecer as instalações do Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis (NICD), instaladas em Johanesburgo, tendo sido recebida pela Dra. Natalie Mayet, vice-diretora do Instituto, e pelo professor Januzs Paweska, chefe do Centro de Doenças Emergentes e Zoonóticas. Nessa ocasião a delegação conheceu o trabalho e histórico que tem sido desenvolvidos relativos a diagnóstico, resposta e pesquisa no escopo do NICD, bem como teve acesso aos diferentes laboratórios instalados no campus, entre eles o único laboratório nível NB4 no continente africano, referência para casos de febres hemorrágicas como Ebola e Marbourg. Ainda em Johanesburgo, o grupo pôde visitar a sede do Instituto Nacional de Serviços Laboratoriais (NHLS), sendo recebidos pelo diretor do Centro de Excelência para Pesquisa Biomédica em Tuberculose, professor Bavesh Kana.

A missão continuou na cidade de Durban, na província de Kwazulu-Natal, onde foi possível conhecer as atividades do renomado Centro para o Programa de Pesquisa em AIDS da África do Sul (CAPRISA), lideradas pelo professor Salim Abdool Karim. O CAPRISA tem desenvolvido um papel extremamente relevante na construção de pesquisas e políticas públicas aplicadas na África do Sul e no continente africano sobre HIV/Aids e também coinfecção TB/HIV. Houve a oportunidade de visitas à Plataforma de Sequenciamento e Inovação em Pesquisa (KRISP), ao Centro de Pesquisa Clínica eThekwini do CAPRISA e ao Centro de Pesquisa Clínica Springfield, localizado no Hospital King Dinuzulu, hospital de referência para o tratamento de tuberculose no país. Além disso, ocorreu uma visita as dependências do Hospital Inkosi Albert Luthuli, focado especialmente nos diferentes laboratórios geridos pelo NHLS nessa unidade de saúde.

Os conhecimentos compartilhados e a experiência sul-africana, muito semelhante à brasileira em diversos aspectos, ensejarão que a SVS esteja engajada em desdobrar os frutos dessa missão em oportunidades de cooperação sul-sul com o país, não apenas nos campos citados, mas eventualmente em outras áreas de interesse comum entre os países, que já possuem um vínculo concreto através da parceria BRICS.

 

Fonte: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/delegacao-do-ministerio-da-saude-discute-oportunidades-de-cooperacao-na-africa-do-sul