Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação continuada, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Sexta, 21 Dezembro 2018 12:50

DIAHV promove oficina com a rede nacional de laboratórios

Avalie este item
(0 votos)

Evento reuniu técnicos que fazem parte da rede nacional de laboratórios de contagem de linfócitos T CD4+, de carga viral do HIV e das hepatites virais B e C

DIAHV promove oficina com a rede de laboratórios Profissionais executores e gerentes de qualidade dos 92 laboratórios de saúde pública credenciados pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde, que realizam contagem de linfócitos T CD4+ e quantificação de carga viral do HIV e das hepatites B e C se reuniram na terça e quarta-feira (11 e 12/12) em Brasília, com intuito de promover a padronização de procedimentos inerentes à realização dos exames, cruciais ao monitoramento do HIV, das hepatites e à adesão ao tratamento antirretroviral (TARV) em âmbito nacional.

A abertura da oficina contou com a palestra da diretora do DIAHV, Adele Benzaken, que apresentou dados do Boletim Epidemiológico de HIV/Aids 2018, recentemente publicado e sua relação com os laboratórios credenciados. “A parceria e agilidade dos laboratórios impacta diretamente na melhoria da qualidade de vida e na queda da mortalidade por infecções sexualmente transmissíveis quando o diagnóstico ocorre rapidamente, sendo papel do laboratório alertar os serviços de saúde para que o paciente acesse rapidamente o tratamento”.

O panorama geral da Rede Nacional de Laboratórios foi apresentado pelo tecnologista em laboratório do DIAHV, José Boullosa, que mostrou a evolução da rede desde sua implantação, em 1997 e como o DIAHV realiza a gestão da rede, utilizando indicadores para garantir a qualidade dos serviços prestados pelos laboratórios. “Todos os estados possuem ao menos um laboratório para realizar os testes. No panorama nacional, temos 92 laboratórios de CD4+ e 86 para carga viral”, afirma.

Outro ponto abordado no primeiro dia de oficina foram as ferramentas de gestão, os sistemas de logística e a atualização da plataforma web do Sistema de Controle de Exames Laboratoriais da Rede Nacional de Contagem de Linfócitos CD4+/CD8+ e Carga Viral do HIV (SISCEL). Segundo técnicos do DIAHV, na reformulação, o SISCEL atendeu uma demanda que facilitou muito a utilização do sistema ao permitir o acesso em computadores, tablets e celulares de forma responsiva, bastando apenas acesso à internet para sua utilização.

Os dois dias de oficina incluíram temas sobre a qualidade laboratorial, habilitação de laboratórios, experiências de gestão, manuais de laboratório, fluxo de atendimento, diagnóstico tardio entre outros. Os participantes integraram debates, mesas-redondas, palestras e dinâmicas interativas.

Participaram da oficina gerentes de qualidade e técnicos da Rede Nacional de Laboratórios de Carga Viral de HIV, HBV e HCV e da Rede Nacional de Laboratórios para Contagem de Linfócitos T CD4+.

Veja as fotos da oficina no link: https://www.flickr.com/photos/dstaidshv/sets/72157676632097358

Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

 

Fonte: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/diahv-promove-oficina-com-rede-de-laboratorios