Portal do Governo Brasileiro

O que é o TELELAB?

O TELELAB é um programa de educação continuada, do Ministério da Saúde, que disponibiliza CURSOS GRATUITOS, cujo público alvo são os profissionais da área de Saúde.

Certificação

Nossos cursos são certificados pela Universidade Federal de Santa Catarina. Clique aqui para saber mais sobre o processo de certificação.

Área do Aluno

Segunda, 07 Janeiro 2019 09:31

Lançado inventário de Pesquisa de Desenvolvimento em IST, HIV/Aids e Hepatites Virais no Brasil

Avalie este item
(0 votos)

A terceira edição do gênero publicada pelo DIAHV contém 57 projetos desenvolvidos entre 2012 e 2016

Está disponível para consulta a Pesquisa de Desenvolvimento em Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), HIV/Aids e Hepatites Virais no Brasil (2012 a 2016), inventário com 57 dos 85 projetos contratados no período desenvolvidos por pesquisadores brasileiros vinculados às instituições de ensino superior públicas ou privadas, empresas públicas, serviços de saúde e Organizações Não-Governamentais (ONG) que desenvolvem atividades em ciência, tecnologia ou inovação. 

O objetivo desse documento é o de disseminar o conhecimento gerado para gestores, pesquisadores, técnicos, estudantes e todos os interessados na informação científica.

Esta é terceira edição do gênero publicada pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), do Ministério da Saúde. As anteriores são “Conhecimentos e informações em DST/HIV e Aids: um recurso para a Resposta Nacional” e “Pesquisa e desenvolvimento tecnológico emDST, HIV e Aids no Brasil”.

A Pesquisa de Desenvolvimento em IST/HIV/Aids/Hepatites Virais reflete o apoio à pesquisa pelo DIAHV para a elaboração de políticas públicas ao enfrentamento das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. Reforça, também, o compromisso do departamento com o processo de aplicação e disseminação dos resultados de pesquisas, a fim de contribuir com o processo de tomada de decisões e torná-los conhecimentos passíveis de serem assimilados por novos setores da sociedade.

O conjunto de projetos apoiados pelo DIAHV gera informações sobre a epidemia de HIV/Aids e estimativas de prevalência do HIV/aids, sífilis e hepatites virais, do tipo B e C, na população de jovens brasileiros do sexo masculino (conscritos das Forças Armadas do Brasil), nas populações-chave (homens gays; homens que fazem sexo com homens; mulheres trabalhadoras do sexo; travestis e mulheres trans); identificação de novas dinâmicas de comportamentos de risco nessas populações até então ignoradas; estudos de coorte de homossexuais e bissexuais masculinos HIV negativos; prevalência do HPV no Brasil; análises de resistência microbiana; programas sentinela para vigilância epidemiológica do HIV no Brasil dentre outras informações relevantes.

O material dá continuidade à formação de parcerias com a Organização Mundial da Saúde (OMS)/Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), oWellcome Trust e oWalter Reed Institute of Army Research(EUA) no estudo sobre a persistência do vírus Zika nos fluidos corporais, o qual visa obter uma compreensão mais detalhada da cinética da infecção pelo vírus em compartimentos biológicos. Também são destacadas a parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); National Institutes of Health(NIH) e Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proad/SUS).

A publicação “Pesquisa de Desenvolvimento em IST/HIV/Aids/Hepatites Virais no Brasil (2012 a 2016)” está disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2018/pesquisa-de-desenvolvimento-em-isthivaidshepatites-virais-no-brasil-2012-2016

 

Fonte: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/lancado-inventario-de-pesquisa-de-desenvolvimento-em-ist-hivaids-e-hepatites-virais-no